Satsang Sunday – Domingo

Photo by Dorota Dylka on Unsplash

[English]

Hoje, o domingo 9 de fevereiro foi o primeiro Satsang deste ano. Com 10 participantes, iniciei uma nova jornada para treinar a concentração e alcançar um estado de meditação.

Somos treinados desde o nascimento para atender quase exclusivamente ao mundo externo. Desenvolvemos o hábito de virar a nossa mente para fora e permitir que nossa atenção seja direcionada por nossos sentidos. Portanto, é natural que, quando nos sentamos para meditar, nossa mente vagueie, atraída por estímulos sensoriais ou por memórias de experiências sensoriais passadas.

Para alcançar o estado de meditação, precisamos ser capazes de nos concentrar em uma coisa. Precisamos de uma mente uni direcionada. Treinamos para ser o mestre de nossa consciência.

Uma mente uni-direcionada ou ser mestre da consciência tem ao mínimo 2 benefícios: 

  1. A mente se torna uni direcionada. Tu aumentas a tua capacidade de concentração. Uma mente uni direcional é útil em todas as áreas da vida, mas é indispensável na jornada em direção à auto-compreensão.
  2. Ele muda a direção da tua atenção para dentro. Para o yoga e muitas outras áreas da vida, precisas mudar a mente para dentro.

Na meditação, o praticante se torna uma testemunha dos seus pensamentos e desenvolve a consciência do processo de pensamento.

Meu objetivo era levar o corpo e a mente a um relaxamento tão profundo que pudesse cultivar a consciência, observando e acolhendo o que estivesse presente sem julgamento.

Outro resultado é que talvez possa explorar uma sensação subjacente de paz naquele espaçoso vazio onde tudo é.

Começamos com posturas simples de yoga para fundamentar e tomar consciência de todo o corpo.

Em segundo lugar, fizemos uma versão curta do Yoga Nidra, uma técnica de relaxamento profundo e talvez uma forma de meditação. Esse sono yogue é um estado entre dormir e acordar. Renova o corpo e a consciência. Promove profundo descanso e relaxamento e expande a autoconsciência. É uma forma de relaxamento guiado.

Depois, sentamos para meditar. Por 20 minutos, a respiração foi nosso ponto de concentração enquanto permanecíamos conscientes do processo de pensamento.

Durante o chá com doces, todos lentamente voltamos às nossas vidas. O feedback foi interessante. Alguns pensaram que a parte da meditação era demais. A sessão sentado com as costas retas provocou alguma distração. Outros tiveram ótimas experiências nas três etapas.

Espero que todos os praticantes continuem treinando a sua consciência no dia-a-dia. Apenas esteja consciente de vez em quando para onde vai a tua consciência. O que estás a pensar? Ali, com o pensamento, estão a tua consciência e tua energia. Pergunte a ti mesmo: quero estar lá? Sim? Então lide com isso. Não? Traga a tua consciência de volta para onde queres que seja e lide com o pensamento mais tarde.

Tu és o mestre da tua consciência.

Muito obrigada aos participantes e o próximo Satsang será no domingo, 8 de março de 2020, das 10: 00-12: 00 horas.

Podes te inscrever.

Publicado por Liesbeth Steur

Writer and yoga teacher in Portugal

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: