Sobre Liesbeth Steur

ls-nouveau-kopie.jpg

Liesbeth Steur (1949)

[English]

Em 1973, descobri yoga através dum livro que encontrei num mercado de pulgas. Fiquei imediatamente fascinado e comecei a treinar yoga em casa e a ler todos os livros que estavam disponíveis naqueles anos. Então eu encontrei uma professora de yoga e quando uma formação de professor de yoga oficial  foi oferecido na minha cidade, me inscrevi e obtive o meu diploma em 1980.

A aprendizagem nunca parou para mim e nunca pára. Acho que o autodesenvolvimento é igual a viver a minha vida. E é por isso que a minha vida nunca parou. Mudei de casa e país muitas (40) vezes e desde 2016 moro no interior de Portugal. Novamente tenho um estúdio de yoga, desta vez na aldeia perto da minha quinta.

A minha maneira de ensinar yoga é específica para mim. O hatha yoga, na sua forma mais pura, é a base de todas as minhas lições.

A ênfase está no movimento e na conquista do autoconhecimento e conhecimento do corpo.

Se não sabes o que é o hatha yoga, podes descrever a minha forma de yoga como yoga meditativo. Corpo e mente sempre trabalham juntos.

Isso é hatha yoga na íntegra: ativa e quieta.

Também ensino meditação. Acho que é extremamente importante que todos aprendam isso. Talvez isso seja ainda mais importante nesses tempos do que a própria yoga, porque podes treinar o corpo de várias maneiras.

O maior desafio do século 21, no entanto, é treinar para permanecer conectado com tu mesmo, com as tuas intenções, sem te distrair com todos os tipos de informações digitais. Perder o teu foco – em todos os tipos de áreas – faz-te tão ignorante quanto um sonâmbulo.

Gosto de estar acordada enquanto vivo a minha vida.

E tu?