Sim, nós fizemo-lo

IMG_1693 kopie

(English)

A nova estrutura do nosso Sinergia Encontro em Domingo funcionou!

O resultado foi de fato 1 + 1 = 3.

Nós nos reunimos com um objetivo comum: nos tornarmos mais conscientes.
Começamos com compartilhar o problema que estava nos incomodando no momento. Pequenas coisas, grandes coisas. Nós ouvimos um ao outro. Nós confiamos o problema ao papel onde ele poderia ficar em segurança enquanto nos levantávamos, encontrando um lugar na sombra para fazer exercícios de respiração e alguns movimentos simples. Em plena concentração. Apenas para se tornar consciente dos nossos corpos e deixar a mente por um tempo. Então nós andamos a espiral sob o sol da manhã.

Nenhum som, algumas canções de pássaros e rodeado por flores silvestres.

De volta ao terraço, uma linda limonada de limão e uma deliciosa focaccia, todos feitos pela nossa amiga Susana Moura Maridalho, estavam à nossa espera. Conversamos sobre as coisas simples da vida como comida, uma arte que os portugueses realmente entendem. Lentamente chegou a hora de sentar-se ainda debaixo duma oliveira. Alguns chamam isso meditação.

Eu chamo isso: não fazer nada. Claro, o objetivo é alcançar o estado de meditação. É um estado. Não é um fazer. Então, apenas sentado e não fazendo nada.

O grupo se espalhou pelo terreno. Cachorro Che andou para conferir todos os participantes e depois ficou com Beatriz. Che é o meio perfeito para verificar se podes ficar quieto ao interior.

De volta ao terraço, voltamos para nossos documentos e compartilhamos como nos sentíamos sobre o que escrevemos há algum tempo. Ainda era um problema?

Uma coisa interessante sobre o Sinergia Encontro em Domingo é perceber que todos os problemas têm a mesma origem. A maioria de nós luta ou tem lutado com os mesmos pensamentos. Através da partilha das nossas experiências e ouvindo um ao outro, a nossa consciência cresce. Karin Pfeifer usou a natureza para deixá-la entender sua declaração da manhã. Ela voltou com algumas flores e uma folha duma vinha, que contaram a ela e a nós coisas incríveis.

IMG_1699 kopie

Então nos despedimos com corações felizes e novos insights até nos encontrarmos novamente em:

Domingo, 8 de julho de 2018, das 10:00 às 12:00 horas.

Seja bem vindo. Já sabes a sinergia dum grupo com um objetivo só: consciencialização.

Solstício de Verão Encontro

IMG_8650
The element FIRE by CoenSt

(English)

Com grande prazer convido-os a juntar-se a mim na aula de yoga da quinta feira do dia 21 de junho 2018.

Esta aula acontecera na minha casa/quinta.

Será uma aula especial porque é um dia especial.

Será o dia mais longo do ano e isso fará a energia universal extremamente forte. Nós homens podem fazer uso deste nível mais alto para fazer um passa grande na direcção de consciência.

Proponho juntarmo-nos como seria um Sinergia Encontro de Domingo.
À vez partilhamos a questão a ocupar a nossa mente/vida. Uma questão sobre coisas pequenas ou grandes. Sem comentários, sem julgamentos. Só basta ouvir entre si. Isso me dará a oportunidade de sintonizar-me na energia do grupo.
Depois começamos distrair a mente por mover o corpo. Podemos usar técnicos distintos como yoga, tai chi e caminhar. Tudo em silencio. Quando sinto que a energia du grupo está bastante silenciosa, sentamos-nos em silencio para fazer nada. e deixar entrar na nossa vida a energia do Solstício.
Depois haverão bebidas e refeições ligeiras e voltamos às questões com que começamos o Encontro. Quem sabe – tal vez há uma resposta.

Solstício de Verão Encontro – Contribuição e Inscrição:
Se não é um estudante habitual de yoga uma contribuição de € 5 seria apreciada. Por favor envia-me um e-mail ou mensagem para inscrever-se. De tempo. Por razões de organização.

AULAS JUNHO – CLASSES JUNE

IMG_1594.jpg

Em espera da recuperação do meu estúdio de yoga
Until my yoga studio is up and running again

AS AULAS DE YOGA DE JUNHO ACONTECERÁM NO:

ALL YOGA CLASSES IN JUNE WILL BE HELD AT:

NINHO DE EMPRESAS – Santo António das Areias

SALA DO CO-WORK MARVÃO (In the space of Co-Work Marvão)

Primeiro Andar ao lado do médico. First floor next to the medical center

10:00 horas/hours e/and 19:00 horas/hours.

Inundação – Flooding

IMG_1466

Queridos yoguis, (for English scroll down)

Por causa duma “inundação” do estúdio de yoga no Ninho de Empresas na sexta feira passada, tenho de mudar as aulas a um outro sitio. A chuva de granizo nesse dia foi tão forte que o telhado do Ninho de Empresas no lado do estúdio não provou resistente! O piso do estúdio é estragado tal como o tecto.

Mudo as aulas pela minha quinta para a semana que vem.

Terça feira: 10:00 e 19:00 horas
Quinta feira: 10:00 e 19:00 horas

Com tempo agradável fazemos yoga na rua, com chuva na casa.

Os participantes que não sabem a minha morada, por favor envie-me um e-mail. Assim posso enviar-te o itinerário. A quinta é perto da Ponte Velha.

Espero saudar-te na minha quinta.

Beijinhos, Liesbeth

Dear yogi’s,

Due to a “flooding” in the studio at the Ninho de Empresas last Friday, I have to move the classes to another place. The hailstorm of that day was so heavy that the roof of the Ninho de Empresas at the side of the studio proved to be too weak to carry the weight. The new studio floor is totally damaged and so is the ceiling.

This coming week I will move the classes to my quinta.

Tuesday: 10:00 and 19:00 hours
Thursday: 10:00 and 19:00 hours

With nice weather we will yoga outside, with rain inside the house.

If you don’t know my address, please let me know by e-mail. I will then send you the itinerary. The quinta is very close to Ponte Velha.

I hope to see you there!

Love, Liesbeth

A idioma e o pensamento

Encontrei o Ted Talk de Lera Boroditsky. Acho tão interessante saber que as idiomas (7.000 no mundo) determinam a nossa maneira de pensar! Para falar de nós: eu, como holandesa percebo as coisas numa maneira distinta que tu, como português(a). Para mim aprender o português não é só aprender palavras, mas da-me simultaneamente uma vista no conceito português de pensar … ficamos aprendendo. 😉

 

 

O psoas, o músculo da alma

images-4

(for English click here)

O psoas representa as mais profundas qualidades instintivas da energia no ser humano. Mulheres e homens sábios se conectam com a terra desde a área do psoas. Um psoas integrado e a funcionar bem, cria um porto seguro e tranquilo desde que podes mover no exterior e no mesmo tempo ficar no teu interior.

Só se o psoas tem a liberdade para mover, a energia do corpo flui sem problemas, as nossas emoções estão em balance e o nossos pensamentos ficam integrados.

O psoas é o músculo mais profundo e estabilizador no corpo humano. Ele afeta o equilíbrio estrutural, a amplitude dos movimentos, a mobilidade articular e o funcionamento dos órgãos do abdómen.

O psoas o único músculo que liga a coluna vertebral às pernas, é responsável por nos manter em pé e o que permite levantar as pernas para andar.

Estudos recentes também consideram o psoas, um órgão de percepção composto de tecido bio-inteligente que incorpora literalmente, nosso desejo mais profundo de sobreviver e florescer.

Ele é o mensageiro primário do sistema nervoso central, por isso também é considerado um porta-voz das emoções.

Um estilo de vida acelerado e o estrese geram uma descarga de adrenalina. Adrenalina tenciona cronicamente o psoas. Se mantivermos o psoas constantemente em tensão devido ao estrese, eventualmente, começarão a encurtar e endurecer.
Assim dificultará a nossa postura e as funções dos órgãos. Resultando em dor nas costas, problemas de disco ou problemas digestivos. Em fim vai afeitar a respiração e o corpo fica num estado de alerte constante.

Um psoas liberado permite alongar muito mais a parte posterior dos músculos e melhora a posição da coluna vertebral e de todo o tronco, com a consequente repercussão na melhoria das funções dos órgãos abdominais, da respiração e do coração.

Quando cultivamos a saúde dos nossos psoas, reacendemos nossas energias vitais que se conectam novamente com o nosso potencial criativo.

O psoas seria como um órgão de canalização da energia, um núcleo que nos conecta com a terra , nos permite criar um suporte forte e equilibrada desde o centro da nossa pélvis. Assim, a coluna vertebral se alonga e, através dela, pode fluir toda nossa vitalidade.

(Fontes: Liz Koch, The Psoas Book and http://www.yoguifeliz.com)