YSM Meditação nº 2

FOR ENGLISH  PLEASE SCROLL DOWN (the podcast is in Portuguese and English)

Queridos,

Nesta semana, em vez de fazer uma aula de hatha yoga, gravei uma aula de yoga nidra.

Às vezes, acompanho esse modo de relaxamento nos Satsangs de domingo como um exercício para atingir melhor o estado da meditação e em menos tempo. Nunca vais esquecer essa experiência e fará com que anseies por mais. Quão grande é que tu podes testemunhar / observar os teus pensamentos e aprender a controlar todo o processo de pensamento? A autoconsciência é o resultado e essa é a verdadeira liberdade.

Yoga nidra também é chamado sono yogue. Tu vais para o momento em que quase adormeces e ficas lá por um tempo. Eu te conduzo com instruções para o estado nidra, para aquele lugar onde podes experimentar um profundo silêncio. Um efeito colateral importante de fazer yoga nidra é o relaxamento físico extremo. Todo o cansaço desaparece.

Qualquer um, verdadeiramente qualquer um pode fazer isso. Não há restrições. A única condição é que estejas no chão. Não na cama, isso convida a realmente adormecer. E se é isso que desejas, é claro que também pode ser.

  • Te deitas num tapete no chão e a tornas confortável.
  • Uma pequena almofada embaixo da cabeça ou um rolo no pescoço, uma toalha ou manta enrolada sob os joelhos para ajudar a relaxar as costas.
  • Reserve um tempo para instalar te e sinta se podes ficar deitado por meia hora sem precisar mexer-te porque sentes um inconveniente.
  • Eu recomendo uma manta leve sobre ti para não esfriar muito.

Desejo-te uma boa viagem e, se tiver tempo, faça-o diariamente; em junho, quando nos encontrarmos novamente na natureza, sob as oliveiras, terás um começo maravilhoso para aprofundar o yoga e a meditação. Porque se puderes te tocar por dentro, as tuas células e o teu coração cantarão, tu fortalecerás automaticamente o teu sistema imunológico e verás o stress e o desconforto desaparecerem.

A vida verdadeira vai se mostrar para ti.

Seja bom, saiba que o novo normal não existe. É o anormal temporário!

Abraço grande en beijinhos, Liesbeth

 

ENGLISH

Dear friend,

This week instead of recording a hatha yoga class, I recorded a yoga nidra class.

I sometimes accompany this way of relaxation in the Satsang Sunday mornings as an exercise to experience the state of meditation better and in a shorter time. You will never forget that experience and make you long for more. How great is it that you can ultimately witness / observe your thoughts and learn to control the entire thought process? Self-awareness is the result and that is true freedom.

Yoga nidra is also called the yoga sleep. You travel to the instant where you almost fall asleep and then stay there for a while. I will lead you with instructions to the nidra state, to that one place where you can experience deep silence. An important side effect of doing yoga nidra is the extreme physical relaxation. All fatigue disappears.

Anyone, truly anyone can do this. There are no restrictions. The only condition is that you are on the floor. Not in bed, that invites you to really fall asleep. And if that is what you want, it is of course also possible.

  • You lie on a mat on the floor and make it comfortable.
  • A small pillow under your head or a roll on your neck, a rolled-up towel or blanket under your knees to help you relax your back.
  • Take the time to install yourself and check if you can lie down for half an hour without having to move because you feel an inconvenience.
  • I recommend to put a light blanket over you, to not cool down too much.

I wish you a nice trip and if you have the time, do it daily, then in June when we can meet again in nature under the olive trees, you will have a wonderful start to deepen your yoga and meditation practice. Because if you can touch yourself inside, your cells and heart will sing, you will automatically strengthen your immune system and you will see stress and discomfort disappear.

Life as it is meant, will show itself to you.

Be good, know that the new normal does not exist. It is the temporary abnormal!

Hug and kiss, Liesbeth

YSM Meditação nº 1

FOR ENGLISH SCROLL DOWN

Encontre um lugar tranquilo, onde não sejas perturbado por 10 minutos. Te sentas com as costas direitas, o pescoço relaxado e o queixo levemente em direção ao peito. É claro que podes tomar a postura de lótus no chão e também pode apenas sentar-te numa cadeira, verifique se os teus pés estão apoiados no chão. 

Treine-te para praticar a consciência na mesma hora todos os dias. Até podes fazer-o. Pratique durante o dia com tarefas diárias. De vez em quando pense em ficar consciente de que estás a fazer ou pensar!

ENGLISH

Find a quiet place where you will not be disturbed for 10 minutes. You sit with your back straight, neck relaxed and your chin slightly toward your chest. Of course you can take a lotus position on the floor and you can also just sit on a chair, make sure your feet are flat on the floor.

Train your concentration also during the day with all the day to day tasks. Once in a while concentrate on being aware of what you are doing or thinking!

Do que o coração está cheio

©Daan Stevens on Unsplash.Com

ENGLISH

Na semana passada, escrevi sobre a luz em suas células. Essa luz está sempre lá, apenas obscurecida pela poluição que se acumulou ao longo de sua vida. Normalmente, o corpo pode processar e remover essa poluição em si. Com um excesso, adere, como a poluição do ar e da terra. Lá, o fornecimento de elementos não naturais também é demais para processar em um ritmo normal. Compare com o Covid-19. Isso é tão imediato que os CIs mal conseguem lidar com isso. Não podemos fazer muito a respeito da pandemia, exceto observar as regras de higiene e nos distanciar respeitosamente da outra. Não precisamos fazer muito a respeito da poluição do ar e da terra agora; já diminuiu tanto por causa da estagnação da economia, que parece um milagre.

Podemos fazer qualquer coisa sobre a poluição de nossas células. Tenho a seguinte ideia sobre isso:

O seu coração é sua verdade e sua verdade é você em seu estado original. Você nasce com células limpas, com uma ardósia limpa e com alguma carga genética.

Assim que começar a aprender, antes de poder andar, copie o comportamento e o fraseado de seus educadores, e isso continua até os doze anos de idade. Você aprende o que é certo e errado, normas e valores. Você aprende coisas que podem ser completamente contra sua natureza. E quando criança, você faz isso normalmente, apenas para obter a aprovação, o apreço e o amor de seus educadores. Às vezes isso vai contra a sua natureza. Gostaria de se tornar um artista e aceita aprender a se tornar um contabilista. Então permanece contabilista fiel até os 40 anos de idade e fica com um burn-out ou uma doença. Portanto, se sempre faz de tudo para lisonjear os outros, está causando poluição. O medo desempenha um papel importante nisso, assim como os pensamentos negativos sobre você próprio ou sobre a vida. Todas são gotículas de um tinteiro que entram nas células. Quer isso? Eu não.

A sua verdade está no seu coração.

Lá pode testar se algo é bom para você ou não. Se pertence a você. Se isso faz você crescer. Se isso faz de você uma pessoa satisfeita. Pergunte a si mesmo se sua vida atual combina com você. Suponha que se encaixa, então deixa tudo como está. Suponha que não combina com você, veja se pode mudar alguma coisa sem chocar ou prejudicar os outros. Normalmente não precisa mudar uma situação (ensine um gato a latir), precisa mudar a maneira como pensa sobre a situação. Então deve primeiro estar ciente dessa linha de pensamento automática que inconscientemente construiu e usou por toda a vida.

Não faça nada impulsivamente e faça assim: sente-se em algum lugar em silêncio. Formule o seu problema em uma frase curta. Inspire e expire. Sente-se com toda a sua atenção no seu coração. Imagine que é uma casa onde alguém mora. É vermelho? Quem mora lá? Depois de entrar em contato com a pessoa que mora lá, fala do seu problema. A resposta vem naturalmente. Talvez não a primeira vez. Treine-se diariamente para visitar o seu coração até sentir 100% dele. Tenho certeza que receberá a resposta e confiará que esteja correta. Não dá um passo adiante sem confiar em si mesmo.

A partir de agora pode fazer isso com todas as suas perguntas. Imagine enlouquecer durante “o bloqueio inteligente” do seu parceiro e / ou seus filhos em casa ou ficar sozinho. Retire-se no seu coração e deixe os seus filhos (se tiver um) treinar com eles e quem sabe, seu parceiro pode querer participar. Não deve demorar mais de cinco minutos para começar. Pode ficar irritado com esse fluxo irritante de pensamentos. Seja paciente. Observe esse caos na sua mente. Não faça mais nada. Não julgue. Estou certo de que, mesmo sem uma resposta clara, se sentirá melhor. Após uma semana de treinamento, já poderá sentir o que está acontecer e ficar animado com a pessoa que está a descobrir.

Pode se apaixonar por si mesmo. Olha, então está no caminho certo.

No caso de filhos e parceiro, ouça as experiências um do outro. Sem julgamento. Tudo é permitido. Está tudo bem.

Satsang no Domingo

O Satsang no domingo sempre acontece no segundo domingo do mês.
Domingo, 8 de março, é a vez novamente, das 10h às 12h no estúdio de yoga.
Dispomos de tempo para aprofundar os exercícios de yoga, relaxamento profundo com Yoga Nidra e meditação. Depois, há tempo para conversar, tomar chá e algo saboroso.

Espero recebê-te.
Registra-te via e-mail ou whatsapp.
Contribuição: € 10

ENGLISH

The Satsang on Sunday always takes place on the second Sunday of the month. Sunday 8 March it is that time again, from 10 to 12 am in the yoga studio.
We take the time to deepen yoga exercises, in-depth relaxation with Yoga Nidra and meditation. Afterwards there is time to talk, for tea and something tasty.
I hope to welcome you.
Register via e-mail or whatsapp.
Costs € 10

Satsang Sunday – Domingo

Photo by Dorota Dylka on Unsplash

[English]

Hoje, o domingo 9 de fevereiro foi o primeiro Satsang deste ano. Com 10 participantes, iniciei uma nova jornada para treinar a concentração e alcançar um estado de meditação.

Somos treinados desde o nascimento para atender quase exclusivamente ao mundo externo. Desenvolvemos o hábito de virar a nossa mente para fora e permitir que nossa atenção seja direcionada por nossos sentidos. Portanto, é natural que, quando nos sentamos para meditar, nossa mente vagueie, atraída por estímulos sensoriais ou por memórias de experiências sensoriais passadas.

Para alcançar o estado de meditação, precisamos ser capazes de nos concentrar em uma coisa. Precisamos de uma mente uni direcionada. Treinamos para ser o mestre de nossa consciência.

Uma mente uni-direcionada ou ser mestre da consciência tem ao mínimo 2 benefícios: 

  1. A mente se torna uni direcionada. Tu aumentas a tua capacidade de concentração. Uma mente uni direcional é útil em todas as áreas da vida, mas é indispensável na jornada em direção à auto-compreensão.
  2. Ele muda a direção da tua atenção para dentro. Para o yoga e muitas outras áreas da vida, precisas mudar a mente para dentro.

Na meditação, o praticante se torna uma testemunha dos seus pensamentos e desenvolve a consciência do processo de pensamento.

Meu objetivo era levar o corpo e a mente a um relaxamento tão profundo que pudesse cultivar a consciência, observando e acolhendo o que estivesse presente sem julgamento.

Outro resultado é que talvez possa explorar uma sensação subjacente de paz naquele espaçoso vazio onde tudo é.

Começamos com posturas simples de yoga para fundamentar e tomar consciência de todo o corpo.

Em segundo lugar, fizemos uma versão curta do Yoga Nidra, uma técnica de relaxamento profundo e talvez uma forma de meditação. Esse sono yogue é um estado entre dormir e acordar. Renova o corpo e a consciência. Promove profundo descanso e relaxamento e expande a autoconsciência. É uma forma de relaxamento guiado.

Depois, sentamos para meditar. Por 20 minutos, a respiração foi nosso ponto de concentração enquanto permanecíamos conscientes do processo de pensamento.

Durante o chá com doces, todos lentamente voltamos às nossas vidas. O feedback foi interessante. Alguns pensaram que a parte da meditação era demais. A sessão sentado com as costas retas provocou alguma distração. Outros tiveram ótimas experiências nas três etapas.

Espero que todos os praticantes continuem treinando a sua consciência no dia-a-dia. Apenas esteja consciente de vez em quando para onde vai a tua consciência. O que estás a pensar? Ali, com o pensamento, estão a tua consciência e tua energia. Pergunte a ti mesmo: quero estar lá? Sim? Então lide com isso. Não? Traga a tua consciência de volta para onde queres que seja e lide com o pensamento mais tarde.

Tu és o mestre da tua consciência.

Muito obrigada aos participantes e o próximo Satsang será no domingo, 8 de março de 2020, das 10: 00-12: 00 horas.

Podes te inscrever.

Satsang – Meditação no Domingo

victor-BiGS_w9t7FU-unsplash
Victor at Unsplash.com

[English]

Eu tenho duas questões para ti:

1. Por que queres aprender a meditar?
2. Quanto desejas aprender a meditar?

A meditação é uma ciência e uma forma de arte que requer disciplina e comprometimento. Sem disciplina, nunca alcançarás o ponto de concentração, muito menos o ponto de meditação.

Meditação é uma concentração de toda a energia num ponto de foco.

A razão pela qual persigo apreender a meditar é:
Criar a vida que desejo e experimentar estados mais elevados de consciência.

Amor, disciplina e felicidade
O amor dá origem à disciplina da concentração. Quando amas alguma coisa, queres passar mais tempo com a coisa. Desenvolva força de vontade para disciplinar a tua vida, para que possas ter mais tempo com o que amas. Desenvolves a concentração para experimentar mais do que amas duma maneira mais profunda. O subproduto de experimentar o que amas plenamente é o sentimento de felicidade.

Não busque a felicidade; em vez disso, crie um estilo de vida em que o subproduto desse estilo de vida resulte numa sensação de felicidade.

Dever de casa:

Sente-se com as costas retas.
Feche os olhos e expire até o ar acabar.
Inspire devagar e com cuidado e encha-se de ar.
Expire até ficar vazio.
Repita esse modo de respirar 10 vezes.

Profundo – Lento – Uniformemente.

Agora, deixe o corpo respirar de maneira natural.

Fique quieto.

Um pensamento aparece.
Começaste a pensar em alguma coisa.
Observa-te.

Pensar é mecânico.

Apanha o pensamento.

E espire …

Como se estivesses respirando o pensamento fora de ti.

Faça isso por 5 a 10 minutos, 5 dias por semana.

Até o próximo Satsang, no domingo, 12 de janeiro de 2020.

Com amor, Liesbeth

Shinrin Yoku – Banho na Floresta

IMG_20190831_124828.jpg

[English]

Já ouviu falar disso? A arte japonesa do Banho na Floresta? Emergir em uma floresta para relaxar profundamente e melhorar a saúde.

Vivendo no interior do Alentejo, podemos pensar que emergimos na natureza o tempo todo. Pelo menos pensava que estava, até tomar banho na floresta com TerraFazBem, de Maria Sousa e Jorge Maia. Vim morar aqui para estar na natureza e viver com a natureza o tempo todo. Onde quer que esteja no Alentejo e onde quer que olhe, toda a natureza me rodeia. Faço longas caminhadas em áreas remotas da Serra de São Mamede, ouço os pássaros como amador e sempre me sinto renovado ao voltar para casa. Então, por que diabos deveria tomar banho na floresta? Bem, depois de ler um livro sobre essa arte japonesa e ouvir Jorge e Maria, reservei e fui junto. Sem preconceitos e sim com a mente aberta.

Agora – depois duma tarde com Maria e Jorge – sei que a minha maneira de conectar está bem e que há camadas nela. É sempre bom estar na natureza e a caminhada de 3 horas que fizemos foi profunda e um abridor de olhos e sentidos. Eu nunca soube que um ser humano está tão intimamente ligado à natureza – nós somos um – como nesta experiência.

Isso mudou a maneira como observo, vejo, ouço, cheirei, gosto e sinto sobre todas as coisas da vida.

Shinrin Yoku, que significa Banho de Floresta ou Terapia Florestal, é exercido no Japão há mais de algumas décadas. Enquanto isso, é cientificamente comprovado que a natureza tem um poder de cura. Todos sabemos que as árvores produzem ar, que a caminhada relaxa e que toda estação é encantadora.

O professor japonês Yoshifumi Miyazaki é professor da universidade e pesquisador e vice-presidente do Centro de Meio Ambiente, Saúde e Ciências de Campo da Universidade de Chiba. Ele escreveu vários livros sobre o assunto sobre os efeitos e vantagens da terapia florestal.

Jorge é licenciado como terapeuta neste campo e as capacidades de Maria, que é ela própria terapeuta e uma mulher extremamente “iluminada”, somam uma experiência profunda.

Sempre que sentir vontade de ter uma nova experiência que possa esclarecer mais sobre por que está fazendo o que em sua vida, sobre o seu estado de consciência, posso realmente recomendar um Banho na Floresta. Mais um passo em frente na direcção de uma boa ou melhor Vida.

Eu amei! Vá em frente!

O próxima banho é domingo dia 17 de novembro. Faz a reserva já!

Banhos de floresta_ back.jpg