Meditação no Domingo 13/10/2019

cropped-peter-hershey-113988-unsplash-1.jpg

 

[English]

Quando levas uma vida caótica, não comece a meditar. Não levará a nada. Talvez até mais caos. Primeiro organize a tua vida para que possa apoiar a tua meditação. Leia e vais entender o porquê.

95% do que fazemos, dizemos e como agimos na vida vem do subconsciente.

Como segues os passos subconscientes ao tomar banho e te vestir. Esse é um processo subconsciente com um objetivo. A meditação também é um processo com uma meta, um propósito. O processo é entrar num estado prolongado de concentração consciente que gera a criação no sentido mais amplo. Antes que isso aconteça, o estado extremamente concentrado da mente possibilita a conexão com a mente subconsciente onde está o teu sistema operacional. O objetivo é reprogramar o sistema operacional subconsciente. Então a criação vai surgir.

Primeiro, SE CONHEÇA, então a conexão com aquele ponto doce de silêncio e criação pode ser feita.

Nunca na vida aprendemos como concentrar ou focar! Aprendemos como distrair r pensar sempre ao futuro com a programação do passado.

A necessidade de aprender a se concentrar deve fazer parte da tua rotina diária. Faça parte da tua vida começando a fazer uma coisa de cada vez. Portanto, escovar os dentes significa que estás presente na escovar, pensando apenas na tua boca, dentes e escova de dentes; conduzir o teu carro e fique 100% consciente do que estás a fazer, sem pensar no que comer no jantar.

Lembre-te de que é preciso coragem para meditar. Com os olhos fechados, não sabes o que vais encontrar. Emoções não resolvidas surgirão da mente subconsciente. Amor próprio, aceitação própria e reconhecer o que parece são a chave! Nunca julgue a ti mesmo ou a outro.

A meditação é uma oportunidade de te familiarizar com todas as coisas que acontecem no e que vêm do teu subconsciente. Olhe para ela, aumente o zoom, sinta-o em todas as tuas células, diminua o zoom e deixe-o desaparecer. Então volte para o teu corpo no estado atual. Essa é a única maneira de conhecer a ti mesmo, teu eu-robô, teu eu-piloto automático e reprogramar.

Prática de meditação
Esteja consciente de que precisas de amor incondicional e força de vontade para iniciar e sustentar essa prática. Então pegue uma nova rotina. Marque um encontro diária contigo, com a tua energia. Crie um espaço de meditação e comece a ficar sentado por 5 minutos, durante 5 dias por semana. Na semana seguinte, faça 10 minutos, etc.

Obrigada pela tua presença e espero encontrá-lo novamente no próximo Satsang – Meditação e Conversa no Domingo – 10 de novembro de 2019, 10: 00-11: 30 horas no Yoga Studio Marvão.

Tudo o que existe

b346fca2-6a58-4f72-8710-861285985be1

[English]  [Nederlands]

As bibliotecas estão cheias de livros explicando o propósito da meditação. Resumidamente, definiria assim:

Experimentar a conexão com tudo o que existe.

Isso pode parecer vago, porque o que é “tudo o que existe”?

Literalmente significa: tudo o que existe. Então, tudo que podes perceber com os teus sentidos e “tudo” que não podes perceber com os teus sentidos físicos. Esse segundo “tudo” está em todo lugar em que normalmente percebes o vazio.

Há muito tempo, as pessoas sabiam como fazer isso; por natureza; simplesmente porque somos natureza e a natureza está em nós. Hoje em dia é diferente. Vejo muitas pessoas que não estão satisfeitas com as suas vidas. Eles são sombrios, apressados, sempre querem algo que alguém tem ou tem medo de perder o que tem e sempre há algo a queijar sobre a sua saúde.

Uma coisa é certa. Vivemos num tempo cativante em que a mente pode ser alimentada quase 24 horas por dia. Um fluxo ininterrupto de informações desde as ecrãs está a sobrecarregar a ti. Informações tão voláteis quanto o gás e que sugam te fundo na tela mais cada vez. O resultado é que a profundidade humana desaparece; quero dizer, tornar as informações próprias, digamos, experimentar o conhecimento vivendo-o e convertendo-o em sabedoria. E, ao empilhar todos esses fatos rápidos, adormeces inconscientemente e realmente te tornas estúpido. Pareces transformar te muito lento num robô.

Realmente te lembras que tens um corpo? Te lembras que estás vivo? Na ausência de contato com a tua própria natureza e com tudo o que existe, espreita a tristeza e a insatisfação. E esses sentimentos surgem através do teu próprio modo de vida inconsciente.

Acho que é muito necessário nestes tempos experimentar que és um elo importante no teu ambiente e no cenário universal. Experimentar essa conexão fornece um impulso e uma base para viver plenamente e ter satisfação em todas as áreas. Assim sabes que todo movimento que fazes afeta o mundo; que toda palavra da tua boca afeta o mundo. Faz te prudente contigo, conecta te com o outro num nível que não conhecias antes e, consequentemente, a tua conexão com tudo o que existe cresce.

Este domingo fiz três meditações de 20 minutos cada.

O primeiro levou à experiência do corpo. O segundo se concentrou na consciência do pensamento e o terceiro levou a fazer contato com tudo ao redor; com todos os sentidos em ação. A intenção final era experimentar tudo ao mesmo tempo.

Foi bonito! Quanto maior o grupo, mais forte é a experiência de estar conectado a tudo o que existe. Obrigada a todos!

No próximo segundo domingo do mês – 13 de outubro – continuamos praticar.

És muito bem-vindo a participar.

New kid on the block

IMG_2814
Heidi Dyer a dar o workshop Chakra Balancing

[Nederlands]  [English]

A quantidade de participantes que vem ao meu estúdio de yoga está acima das expectativas. Quando cheguei aqui em Marvão em 2016, não tinha planos para um novo estúdio. No entanto, veio à existência, apesar da minha relutância. Na verdade, eu tive essa resistência contra a obrigação de dar aulas semanais novamente. Agora, dois anos depois, estou feliz em dar quatro aulas por semana e as oficinas necessárias entre elas.

Ainda sou grato a Leone Holzhaus por me pedir repetidamente para começar a ensinar novamente. Então eu pensei: uma aula por semana, ok, isso pode ser. Agora tenho um estúdio totalmente mobiliado e muitos participantes. A vida é cheia de surpresas.

O meu círculo de amigos está crescendo rápido e a boa notícia é que cerca de 85% dos participantes são portugueses. Eu realmente amo fazer o meu trabalho e continuo em boa forma.

O mercado é maior que quatro aulas por semana. Eu não farei mais do que faço agora. E então, de repente, Heidi Dyer apareceu no meu caminho. Fresco dos EUA e apenas se estabeleceu aqui. Heidi também é professora de yoga. Ela ensina Yin Yoga e Yoga Restaurativa. Além disso, ela foi treinada como massagista terapêutica. Heidi veio para minhas aulas no verão passado e ficou. Agora ela usa o meu estúdio às quartas-feiras e tem a possibilidade de construir a sua própria prática. Massagens à tarde de quarta-feira e aulas noturnas.

No quarto domingo do mês, Heidi organiza uma oficina com um assunto especial. No domingo passado – a primeira vez e a turma estava cheia com 10 participantes inclusive eu – treinamos por duas horas em profundidade o relaxamento (yoga restaurativa) e o equilíbrio dos chakras. Heidi já faz isso parcialmente em português. Mulher forte! Começar uma nova vida por conta própria num novo país! O workshop foi um grande sucesso. Quarta-feira à noite, ela repetirá o workshop para as pessoas que não se encaixaram no último domingo.

Que enriquecimento para o Yoga Studio Marvão. A região se beneficiará dessa crescente comunidade de pessoas bem-educadas e experientes.

A sinergia (1 + 1 = 3) pode ser sentida. Hoje de manhã, depois da aula de yoga, estávamos no bar do Ninho de Empresas de Marvão onde o estúdio está localizado, bebendo café ao sol com vários participantes e todos concordamos que estamos indo muito bem. Todos juntos. E essa é a única coisa que conta na vida. Acho eu.

Tu és um explorador

Sinergia Encontro em domingo – 8 de julho de 2018

DSCN0076

(English)

Um homem é um explorador do coração e da mente. As descobertas que fazemos no caminho são chamadas de acordar que nos tornam mais conscientes do que pensamos e porque atuamos. Esta consciência crescente trará paz de coração e mente e, finalmente, ao mundo.

Para mim não há mais nada para a vida.

Explorar e descobrir vai muito mais rápido quando em um grupo. Acho que seja por isso que nós – homens – somos capazes de socializar. Precisamos do outro para tornar nos consciente de quem somos. Depois experimentar essa sinergia, tu sabes que isso é o caminho mais rápido para a paz interior e para o mundo.

Ontem nós estávamos com quatro exploradores. Um era totalmente novo para essa maneira de explorar. Mais uma vez, alguns insights surpreendentes surgiram. E mais uma vez a prova foi que todos nós lutamos com um e os mesmos “inconvenientes”. E, que o movimento físico e a meditação são meios para entender a mente e perceber estes ‘inconvenientes”.

Obrigado Lina, Karin e Nuno por esta grande experiência.

Espero ver todos vocês no encontro de sinergia do próximo domingo em

22 de julho de 2018 às 10:00 h na Quinta Os Chões.

Sim, nós fizemo-lo

IMG_1693 kopie

(English)

A nova estrutura do nosso Sinergia Encontro em Domingo funcionou!

O resultado foi de fato 1 + 1 = 3.

Nós nos reunimos com um objetivo comum: nos tornarmos mais conscientes.
Começamos com compartilhar o problema que estava nos incomodando no momento. Pequenas coisas, grandes coisas. Nós ouvimos um ao outro. Nós confiamos o problema ao papel onde ele poderia ficar em segurança enquanto nos levantávamos, encontrando um lugar na sombra para fazer exercícios de respiração e alguns movimentos simples. Em plena concentração. Apenas para se tornar consciente dos nossos corpos e deixar a mente por um tempo. Então nós andamos a espiral sob o sol da manhã.

Nenhum som, algumas canções de pássaros e rodeado por flores silvestres.

De volta ao terraço, uma linda limonada de limão e uma deliciosa focaccia, todos feitos pela nossa amiga Susana Moura Maridalho, estavam à nossa espera. Conversamos sobre as coisas simples da vida como comida, uma arte que os portugueses realmente entendem. Lentamente chegou a hora de sentar-se ainda debaixo duma oliveira. Alguns chamam isso meditação.

Eu chamo isso: não fazer nada. Claro, o objetivo é alcançar o estado de meditação. É um estado. Não é um fazer. Então, apenas sentado e não fazendo nada.

O grupo se espalhou pelo terreno. Cachorro Che andou para conferir todos os participantes e depois ficou com Beatriz. Che é o meio perfeito para verificar se podes ficar quieto ao interior.

De volta ao terraço, voltamos para nossos documentos e compartilhamos como nos sentíamos sobre o que escrevemos há algum tempo. Ainda era um problema?

Uma coisa interessante sobre o Sinergia Encontro em Domingo é perceber que todos os problemas têm a mesma origem. A maioria de nós luta ou tem lutado com os mesmos pensamentos. Através da partilha das nossas experiências e ouvindo um ao outro, a nossa consciência cresce. Karin Pfeifer usou a natureza para deixá-la entender sua declaração da manhã. Ela voltou com algumas flores e uma folha duma vinha, que contaram a ela e a nós coisas incríveis.

IMG_1699 kopie

Então nos despedimos com corações felizes e novos insights até nos encontrarmos novamente em:

Domingo, 8 de julho de 2018, das 10:00 às 12:00 horas.

Seja bem vindo. Já sabes a sinergia dum grupo com um objetivo só: consciencialização.