Tudo o que existe

[English]  [Nederlands] As bibliotecas estão cheias de livros explicando o propósito da meditação. Resumidamente, definiria assim: Experimentar a conexão com tudo o que existe. Isso pode parecer vago, porque o que é “tudo o que existe”? Literalmente significa: tudo o que existe. Então, tudo que podes perceber com os teus sentidos e “tudo” que nãoContinue a ler “Tudo o que existe”

Surpreende-te

[English]  [Nederlands] Há muito tempo que queres participar num retiro? Talvez por curiosidade? Talvez para relaxar ou, quem sabe, descobrir novos caminhos e veres-te numa luz diferente? Retiro significa retirar-se por alguns dias da vida quotidiana. Viajas para lugares desconhecidos e fazes todo o tipo de coisas que normalmente não fazes. Isso criará uma distânciaContinue a ler “Surpreende-te”

Além da minha zona de conforto

[English] [Nederlands] Com 7 participantes, o Retiro de Tai Chi Chuan de 4 dias foi um evento intensivo. O programa estava cheio desde o início da manhã até tarde da noite. Em suma, os dias pareciam assim: às 8:00 horas de manha meditação, depois pequeno almoço e depois treinamento de Taiji, almoço, Wudang yoga, palestras,Continue a ler “Além da minha zona de conforto”

Mais uma coisa sobre meditação

[English version] Sem exceção, noto nas minhas aulas de ioga qual é a suprema necessidade dos participantes: uma mente quieta. Nem mesmo um corpo suave e flexível. Para a maioria deles, isso vem em segundo lugar, ou desistiram disso. Viver com todos os tipos de inconveniências e dores foi aceito, como uma verdadeira vítima faria.Continue a ler “Mais uma coisa sobre meditação”

Eu te convido

[English] [Dutch] Ainda me lembro bem, a primeira vez que a pergunta “o que estou fazendo aqui?” apareceu. Eu tinha cinco anos, morava na Sicília. O Etna retumbou e cuspiu fogo. Eu acabei de estar à beira da morte por tifo. Naquela noite, no terraço, senti e ouvi o estrondo do vulcão e vi osContinue a ler “Eu te convido”

O último Satsang do ano 2017

(English version click here) Era ventoso e chuvoso no último domingo. Havia nenhuma oportunidade para ser fora em natureza para meditação e conversação. Era uma experiência nova, estar junto na casa. Estávamos com dez participantes de qual dois novatos. Como sempre a Susana Maridalho trouxe bolos deliciosos com mirtilo. Phine Verhoeff entrou com uma garrafaContinue a ler “O último Satsang do ano 2017”